PROFISSIONAIS DO PROGRAMA MAIS MÉDICOS PELO BRASIL SÃO RECEBIDOS NA UEL.

CCS


atualizado 2 semanas atrás


Pedro Livoratti

Agência UEL

Profissionais que integram o Programa Mais Médicos para o Brasil (PMMB) participaram, na manhã desta quinta-feira (6), da cerimônia de acolhimento dos selecionados para o trabalho nos municípios da macrorregião Norte e Noroeste do Paraná. A solenidade foi realizada no Anfiteatro Maior do Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa), no Campus Universitário, reunindo os mais de 150 médicos selecionados, representantes da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), Comissão Estadual do Programa Mais Médicos Para o Brasil, Ministério da Educação (MEC) e 17ª Regional de Saúde.

Os profissionais iniciaram as atividades no final de abril em 59 municípios, que reúnem 1,6 milhão de habitantes, atendidos pelas regionais de saúde sediadas em Apucarana (16ª), Londrina (17ª) e Cornélio Procópio (18ª). A UEL integra o programa ao promover supervisão acadêmica e oferecer qualificação para o exercício das atividades. A Universidade é a única instituição estadual do Paraná parceira no programa. Durante todo o dia, os profissionais participarão de palestras e atividades presenciais, dentro do cronograma presencial de capacitação.

Professores da UEL atuam como supervisores acadêmicos, responsáveis por ministrar conteúdos de ensino-serviço e supervisionar as atividades de até dez profissionais. Os médicos convocados foram selecionados por edital específico e atuam como bolsistas nas unidades de saúde, colaborando no atendimento de uma forma mais próxima, principal característica da especialidade de Medicina de Família e Comunidades.

Evento reuniu comunidade da UEL, professores, administração e médicos da área de Saúde Coletiva (Fotos: Pedro Livoratti/Agência UEL).

Para o vice-reitor da UEL, professor Airton Petris, o PMMB está entre as principais políticas de serviço de saúde da população e se caracteriza por assistência integral e atendimento humanizado. Ele afirmou que a Universidade está historicamente associada a este papel, desde as primeiras discussões sobre a descentralização de saúde que originaram o Sistema Único de Saúde (SUS), encampadas pelos profissionais do Departamento de Saúde Coletiva, do Centro de Ciências da Saúde (CCS). “Hoje, estamos atuando no treinamento e capacitação para que os profissionais façam o atendimento integral, muito relacionado à história da Universidade”, salientou.

PMMB

O enfoque da UEL no Programa Mais Médicos Pelo Brasil será apoiar a regionalização de saúde no Norte do Paraná, colaborando com os objetivos prioritários da Macrorregião Norte do Estado, especialmente com as linhas de cuidado prioritárias. Em Londrina, a tutoria acadêmica do projeto é de responsabilidade do professor Carlos Takeo Okamura, do Departamento de Saúde Coletiva (CCS) da UEL.

Além da UEL, trabalham na qualificação de profissionais para atendimento no Paraná as universidades federais do Paraná (UFPR) e da Integração Latino-Americana (Unila), além das Faculdades Pequeno Príncipe, mantenedora do Hospital Pequeno Príncipe, ambos instituições privadas de Curitiba. É a primeira vez que uma universidade estadual foi incluída na atividade formativa dos profissionais.

Vice-reitor, Airton Petris, discursa durante a cerimônia de recepção do PMMB na UEL, no Anfiteatro do Cesa.
Leia também