Apresentação


Aprovado em 18 de maio de 1972 o Setor de Computação da Universidade Estadual de Londrina (UEL) pelo Ato Executivo nº 171. Este setor veio atender as necessidades acadêmicas e administrativas desta Instituição relacionadas à Informática. 

O Conselho Universitário em 12 de agosto de 1972 aprovou a resolução de nº 112, na qual inclui a Emenda do Estatuto Geral da UEL, designando este setor como Órgão Suplementar  vinculado ao Centro de Ciências Exatas (CCE). 

No final do ano de 1985, o Conselho Administrativo aprova a nova Estrutura Administrativa do Setor de Computação, passando-se a atender pelo nome de  Núcleo de Processamento de Dados (NPD)  sob a resolução nº 984. 

No dia vinte de dois de Janeiro de dois mil e quatro foi homologado o novo Estatuto e Regimento Geral da UEL, onde o Núcleo de Processamento de Dados passou a ser um Órgão de Apoio, atendendo pelo nome de Assessoria de Tecnologia de Informação (ATI). 

A Assessoria de Tecnologia de Informação da Universidade Estadual de Londrina é órgão vinculado à Reitoria e responsável pelo planejamento, desenvolvimento, suporte e operação dos sistemas de tecnologia de comunicação e informação.

É responsável pelo planejamento, desenvolvimento, suporte e operação dos sistemas de tecnologia de comunicação e informação da universidade.

Atua de forma sistêmica e integrada no gerenciamento de informações sobre os processos de cada órgão e pró-reitorias, auxiliando a administração na tomada de decisões, questionando, propondo soluções em comunicação e tecnologia da informação e as implementam com o objetivo de buscar a eficiência, a economicidade e a melhoria contínua dos processos institucionais.

Estrutura e equipe

Galeria de diretores

Nossos serviços

Regulamentação